Mensagem do dia – 8 – O pensamento positivo dá alento às suas forças.

Levante o seu pensamento.

O pensamento negativo fatiga a mente.

Exaure as suas forças.

Contraria a natureza divina que você tem.

O pensamento positivo dá alento às suas forças.

Traz vitalidade e alegria.

É força cósmica atuando em você.

O pensamento negativo puxa para baixo, rebaixa.

O positivo impulsiona pra cima, eleva.

Mova-se para cima.

O pensamento positivo abre as
veredas da paz no coração.

Anúncios
Publicado em Mensagens do dia. Etiquetas: . 1 Comment »

BOM DIA/29/03

Deixe-se penetrar pela esperança.
Não apenas a esperança de bens,
de posse, mas a do coração, da alma.
Não somente a superficial, baseada nos prós e contras,
mas a mais profunda, verdadeira e permanente.
Exalte-se com a esperança.
Sinta-a no peito, reflita-a nos olhos,
guarde-a nas profundezas do espírito.
Reflita a esperança nas palavras, nos
sentimentos, na mente esclarecida.
Exercite-a.
Veja-se alegre, com bons pensamentos,
atendendo ao que é bom e útil.
Quem tem verdadeira esperança,
respira o ar da felicidade.

Publicado em Bom dia. Etiquetas: . 1 Comment »

Setenta vezes sete

Temos o direito de errar
ao longo da nossa vida.

Guiados pelo coração
ou emoções que controlam o que
nosso juízo deveria controlar,
vamos de tropeço em tropeço.

Não estamos condenados eternamente
porque somos humanos.

O que não podemos,
portanto,
é repetir vezes e vezes
os mesmos erros e achar a cada
vez que tudo pode ser justificado.
Errar? Pecar?
Faz parte, infelizmente,
do caminho,
da quota de cada um.

Quando cometemos nossos
deslizes e que a vida
nos dá uma nova oportunidade
de recomeçar,
é loucura pensar que o
perdão nos é devido
indefinidamente e querer,
de forma absurda,
atingir o setenta vezes sete.

Cada pessoa e cada coisa
tem seu limite.
Repetir erros e enganos
contra os que nos amam
simplesmente porque sabemos
que um coração que ama
sabe perdoar,
é abusar da confiança que
depositam em nós,
é desrespeitar o outro
como pessoa.

Suportar e suportar erros
em nome do amor pode
parecer heróico.

O perdão é algo que exige
de nós uma força quase inhumana
e sabemos bem que
para realmente perdoar
precisamos abandonar o nosso
eu que pede justiça.

Mas não temos o direito
de brincar com os sentimentos
dos outros e nem permitir que
brinquem com os nossos.

Deslizar e cair uma vez,
duas, pode acontecer,
mas à partir do momento
que isso se torna um hábito é
que algo está muito errado.

Devemos aprender a dizer
“não” quando isso significa
reinvindicar o respeito próprio.

Cada um tem o direito
de viver com dignidade
e não podemos ser nada para
o mundo se já não
somos capazes de nos olhar
no espelho e sustentar
nosso próprio olhar.

Ame o mundo e ame ao outro.
E ame-se também,
assim como amou e ama
Aquele que te criou.

Perdoe e perdoe-se!
E não pare no caminho,
nem olhe para trás.
Há diante de nós um Éden
que nos espera e devemos viver
de maneira a sermos dignos de
passar por essa porta.

Quando a vida sorri

Nem tudo é preto e nem
tudo é branco na vida.
Se muitas vezes
temos a impressão que
o mundo e todas as misérias dele
recaem sobre nós é por
que não olhamos com mais
objetividade para nosso interior
ou os passos
que deixamos para trás.

É próprio do ser humano,
ou da maior parte dele,
de revisitar a vida mais facilmente
nos momentos dolorosos.
Vamos,
passo a passo,
revendo isso mais aquilo,
sempre somando as tristezas.

Parece que queremos nos
convencer da nossa razão
de tristeza existencial,
provar a nós e aos outros o
quanto somos
privados da felicidade
que cremos
(mas só cremos!)
destinada a alguns privilegiados.

Há cada ano quatro estações
distintas que nos
mostram que a vida está
sempre em movimento.
Há cada dia
variações de temperatura
e de luminosidade que provam
que a vida não é estática.

E é assim conosco.

Depois das primeiras horas,
primeiros dias e primeiros
anos muito e muito aconteceu.

Por que então privilegiar
os momentos onde a vida
pareceu mais árdua,
por que medir os rios de
lágrimas que choramos e não
os quilômetros de sorriso que demos?
Mesmo se poucos
(e o que é pouco na contagem de uma vida?),
esses momentos existiram.
Com certeza, existiram.

A vida sorri aqui e acolá.
Sorri quando nasce uma criança,
quando brota uma flor,
quando as férias chegam,
quando revemos alguém
depois de longo tempo,
quando nosso coração descobre
a alegria de enxergar outro coração
e assim por diante.

Não fugindo da realidade
que nos cerca e que
devemos enfrentar,
é bom relembrar o que de bom
e bonito nos aconteceu.
Visitar mais vezes nos recantos
da memória o bem que nos fizeram,
o dia mais marcante,
os momentos que compartilhamos
e as gargalhadas que demos.

Devemos acreditar que no muro
que está diante de nós
pelo menos uma janela
vai se abrir,
assim como se abriram
as portas pelas quais atravessamos
e que nos conduziram até o hoje.

Quando a vida nos sorri
devemos tirar um retrato
dela e colocar num
grande quadro,
bem visível no lugar que
mais ficamos na nossa casa.
E olhar pra ele mais vezes,
mais intensa e mais profundamente.

Um momento de felicidade
pode ser muito maior e compensar
centenas de outros menos alegres.
Se acreditamos nisso vivemos muito
mais e muito mais serenamente.

Mantenha-se firme.

A vida aperta você por todos os lados.
Você pensa que está a exigir-lhe demais.
Sente-a insustentável. No entanto, a vida é marcha contínua para o melhor. Ela reserva maravilhas para você.

Para alcançar o pleno êxito é preciso
retemperar-se – na luta, vencer a si mesmo.
Coloque-se nas mão do Senhor da Vida e aguarde resoluto.
Incorporar-se, com resignação e prazer,
à marcha da vida é mostrar amor a Deus.

PARA COMEÇAR O DIA

Bendito és tu, Pai santo, fonte de vida, do amor e da paz. Por tua bondade deste-me a graça de mais um dia. Que este dia seja para a glória do teu nome e para o meu crescimento na fé.

Quero ser instrumento de tua paz e de teu amor.
Dá-me teu santo Espírito, para que eu trate bem as pessoas que encontrar neste dia.
Por onde eu passar hoje, que eu deixe uma semente do teu reino e um sinal de tua presença.

Julgas te infeliz?

Mesmo que te julgues infeliz ou incapaz de deixar a felicidade entrar em tua
vida, lembra-te de que dentro de ti estão todas as condições de atração
das alegrias e que podes superar velhos estigmas e sofrimentos.

És tu que te fazes como pessoa, que tudo realizas e edificas. Se priorizas o que é útil, bom e construtivo, e crês firmemente nos teus poderes internos, dás os passos certos para a realização pessoal.

Admite que és feliz.

Caminha seguro de ti e nada temas. Deus, que te criou e sustenta, está dentro
de ti, dando-te os meios para que melhor construas a ti mesmo.
A maior felicidade é poder fazer de si mesmo um bem e um sol.