Oração

Ó minha Mãe, tesoureira de todas as graças, refúgio dos pobres pecadores,
consoladora dos aflitos, esperança de quem se desespera
e auxílio poderosíssimo dos cristãos, deposito-lhe toda
a minha confiança e tenho certeza de que me obterá de Jesus
a graça que tanto desejo, desde que seja para o bem de minha alma.
Amém

Na categoria Oração. 1 Comment »

Oração

Virgem Maria, Mãe e medianeira, com humildade recorremos a Vós,
certos de que estás sempre a nos ouvir; Não nos deixeis sós por causa de nossas fraquezas e pecados.
Animados pelo vosso amor de Mãe, pedimos: amparai-nos, protegei-nos, e guardai-nos
sob o vosso maternal Coração Imaculado a todos nós e a cada um dos membros de nossa família,
que se consagra totalmente a Vós. Ó Maria, Mãe e Senhora nossa, medianeira de todas as graças,
apresentai as nossas dificuldades ao vosso Filho Jesus, para que, por vosso intermédio
alcancemos na terra, a graça de estarmos sempre ligados às coisas do alto e depois a vida eterna.
Amém!

Oração da Experiência

Deus da bondade!
Pelas dificuldades de cada dia;
pelos amigos que se transformaram em nossos opositores;
pelos companheiros que nos deixaram a sós;
pelas críticas destrutivas que nos vergastaram a alma;
pelos desenganos que nos atingem;
pelos irmãos que nos ridicularizam;
pelos entes amados que se nos fazem problemas;
pelas criaturas que nos induzem à tentação;
pelos adversários que nos acusam sem motivo;
por todos aqueles que nos obrigam a entesourar as luzes da experiência.
Nós te agradecemos com respeito, amor, repetindo tranqüilos:
Obrigado, meu Deus

Oração a Mim Mesmo

Que eu me permita
olhar e escutar e sonhar mais.
Falar menos.
Chorar menos.
.
Ver nos olhos de quem me vê
a admiração que eles me têm
e não a inveja que, prepotentemente, penso que têm.
.
Escutar com meus ouvidos atentos
e minha boca estática,
as palavras que se fazem gestos
e os gestos que se fazem palavras.
.
Permitir sempre
escutar aquilo que eu não tenho
me permitido escutar.
.
Saber realizar
os sonhos que nascem em mim
e por mim
e comigo morrem por eu não os saber sonhos.
.
Então, que eu possa viver
os sonhos possíveis
e os impossíveis;
aqueles que morrem
e ressuscitam
a cada novo fruto,
a cada nova flor,
a cada novo calor,
a cada nova geada,
a cada novo dia.
.
Que eu possa sonhar o ar,
sonhar o mar,
sonhar o amar,
sonhar o amalgamar.
.
Que eu me permita o silêncio das formas,
dos movimentos,
do impossível,
da imensidão de toda profundeza.
.
Que eu possa substituir minhas palavras
pelo toque,
pelo sentir,
pelo compreender,
pelo segredo das coisas mais raras,
pela oração mental
(aquela que a alma cria e
que só ela, alma, ouve
e só ela, alma, responde).
.
Que eu saiba dimensionar o calor,
experimentar a forma,
vislumbrar as curvas,
desenhar as retas,
e aprender o sabor da exuberância
que se mostra
nas pequenas manifestações
da vida.
.
Que eu saiba reproduzir na alma a imagem
que entra pelos meus olhos
fazendo-me parte suprema da natureza,
criando-me
e recriando-me a cada instante.
.
Que eu possa chorar menos de tristeza
e mais de contentamentos.
Que meu choro não seja em vão,
que em vão não sejam
minhas dúvidas.
.
Que eu saiba perder meus caminhos
mas saiba recuperar meus destinos
com dignidade.
.
Que eu não tenha medo de nada,
principalmente de mim mesmo:
– Que eu não tenha medo de meus medos!
.
Que eu adormeça
toda vez que for derramar lágrimas inúteis,
e desperte com o coração cheio de esperanças.
.
Que eu faça de mim um homem sereno
dentro de minha própria turbulência,
sábio dentro de meus limites
pequenos e inexatos,
humilde diante de minhas grandezas
tolas e ingênuas
(que eu me mostre o quanto são pequenas
minhas grandezas
e o quanto é valiosa
minha pequenez).
.
Que eu me permita ser mãe,
ser pai,
e, se for preciso,
ser órfão.
.
Permita-me eu ensinar o pouco que sei
e aprender o muito que não sei,
traduzir o que os mestres ensinaram
e compreender a alegria
com que os simples traduzem suas experiências;
.
respeitar incondicionalmente
o ser;
o ser por si só,
por mais nada que possa ter além de sua essência,
auxiliar a solidão de quem chegou,
render-me ao motivo de quem partiu
e aceitar a saudade de quem ficou.
.
Que eu possa amar
e ser amado.
Que eu possa amar mesmo sem ser amado,
fazer gentilezas quando recebo carinhos;
fazer carinhos mesmo quando não recebo
gentilezas.
.
Que eu jamais fique só,
mesmo quando
eu me queira só.
Amém.

Oração

Minha Mãe, uni-me cada vez mais a Vós, e uni-Vos cada vez mais a mim. Eu Vos agradeço a graça da confiança, mas Vos peço que a torneis cada vez mais intensa diante de cada fraqueza que eu sinta. Nossa Senhora da Confiança, dai-me forças! Peço-Vos, ó Mãe, que do alto do Céu desçam sobre vossos filhos – transpondo suave e vitoriosamente camadas espessas de poluição e de pecado – vossas bênçãos maternais. Como os discípulos de Emaús ao Divino Redentor, nós Vos pedimos que essas bênçãos fiquem conosco, porque se faz noite sobre o mundo. A cada instante, a cada angústia, a cada necessidade, ajudem-nos elas a manter a mais inteira e filial confiança em Vós.

Na categoria Oração. 2 Comments »

Ave Maria

Ave Maria,
cheia de graça,
o Senhor é convosco,
bendita sois Vós entre as mulheres,
bendito é o fruto do Vosso ventre,
Jesus. Santa Maria Mãe de Deus,
rogai por nós pecadores,
agora e na hora da nossa morte.
Amém.

Oração

“Ó Deus, sede favorável às nossas súplicas e dignai-vos
atender às nossas preces pela intercessão de Santa Cecília.
Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho,
na unidade do Espírito Santo.”