Mensagem do dia – O seu destino é a felicidade.

O que ocorre com quem faz o mal?
Se por si não se endireita, cedo ou tarde o sofrimento chega.
A ordem universal e divina é de amor.
O próprio mal já traz consigo o desejo de ser corrigido,
de vez que o amor o toca, puxa-o para o alto.
Então, mesmo que pareça mais rendoso o mal, evite-o.
Você merece subir.
O progresso é parte da ordem global.
O seu destino é a felicidade.
É mal o que, sem motivo justo, prejudica o outro, causa-lhe
desassossego, dor, perda ou embaraço mental.
Engana-se quem faz o mal pensando em ficar bem.

BOM DIA/31/12

“ANO NOVO”
1. Afirme somente se tiver certeza;
acredite somente se lhe derem fatos;
gaste somente se souber de onde tirar os fundos;
coma somente se tiver fome;
durma somente se tiver sono
e, em caso de dúvida,
fique na sua e siga seu próprio nariz.
2. Abrace muito,
beije mais ainda
e ria ,
já que a vida é de graça.
3. Peça … sempre haverá alguém que lhe dará o que você está precisando.
4. Despeça-se do que já passou – quem vive de passado é museu.
5. Pare de se preocupar. Suas desgraças nunca serão do tamanho que você pensa. Nem seus êxitos.
6. Perdoe-se por suas burrices e fracassos. Se você não se perdoar, vai ser inútil pedir desculpas ou dizer “sinto muito” a quem quer que seja.
7. Reze para agradecer, nunca para pedir. Você já recebeu mais do que suficiente para crescer e ser feliz.
8. Não perca tempo em discussões inúteis. Ao invés de brigar, cante uma canção, tome um banho frio ou vá dar uma volta no parque.
9. Desista de fazer a cabeça dos outros – o que eles pensam de você não importa. Importa o que você é.
10. Cuide de si mesmo como se estivesse cuidando do seu melhor amigo.
11. Expresse a sua individualidade. Apoie-se em seus talentos e virtudes. Concentre-se em seus objetivos. Faça ginástica 3 vezes por semana, no mínimo.
12. Mude algo em si mesmo todos os dias. Abra-se com alguém. Faça alguma coisa que sempre desejou fazer, que pode fazer, mas que tinha vergonha.
13. Cometa erros novos.
14. Simplifique sua vida.
15. Deixe bagunçado.
16. Pare de frescura.
17. Acredite no amor; nada no mundo é mais digno de crédito. AME – não é vexame nenhum.
18. Nunca pense que o amor é uma “água morna” – onde há amor, há respeito pelas diferenças; onde as diferenças não são aceitas, existem pontos de vista contrários; e onde existem pontos de vista contrários, há conflitos e desentendimentos.
19. Não se intrometa na vida dos outros, nem julgue as pessoas de jeito nenhum. Deixe-as ser como são e curta o melhor de cada uma.
20. Grandes amizades não se perdem em pequenas disputas. Se se perderem, é porque não eram nem amizades, muito menos grandes.
21. Leia o que está escrito, ouça o que é dito e, se não compreender, pergunte. Não tenha vergonha de perguntar o que não sabe. É assim que se aprende.
22. E o mais importante…
“SEJA MUITO FELIZ !”
FELIZ ANO NOVO!
Tenha um bom dia!
Fique com Deus!

Ano Novo, vida nova!

Abra-se à mudança de vida.
Renove-se como as manhãs, como as árvores, como a primavera.
Uma força poderosa dentro de você anseia por expansão. É preciso participar
da marcha da vida. Transformar-se para melhor, trabalhar e servir.
Caminhe.
Parado, o mundo o deixa para trás. Confie no seu
potencial de transformação, de ação, de aperfeiçoamento.
Avance.
As leis que regulam a renovação
universal estão também dentro de você.
Desejo que em 2010 você esteja sempre com saúde,
com paz, com harmonia, com amor, com dinheiro,
enfim, que você esteja SEMPRE ALEGRE.
Publicado em Reflexão. Etiquetas: . Leave a Comment »

Fronteira

Assim como na fronteira, onde apenas um passo nos leva de um país para outro, apenas algumas horas nos separam do ano novo, mas para os que sabem ver além, para os que querem uma nova oportunidade, para os que se decidem por dias melhores, a diferença começa agora, nesse instante.
Seu pensamento deve se renovar, novos sonhos e desejos devem se formar, novas atitudes, pequenos gestos amorosos, pedir perdão para alguns, perdoar outros, deixar a “velha bagagem” na “rodoviária do tempo”, e partir com sede de “vida”, sem peso extra, levando apenas o desejo sincero de se RENOVAR”, e viver cada novo dia como se fosse o último, para ser para sempre, o primeiro de muitos dias felizes de um novo ano, de um novo você!

FELIZ PROJETO

Eis que se finda mais um ano e um novo ano se inicia com as esperanças renovadas. 365 dias representa o ciclo de um ano. E ano após ano o ciclo se renova, o tempo parece se renovar também imbuído de esperança, cuja esperança parte de nós mesmos.

Projetos inacabados, ou que, nem saíram de uma idéia se reavivam, ressurgem com a esperança do novo ano que se inicia. E assim forma-se o ciclo da esperança caminhando com o tempo, num espaço ilimitado de uma espiral contínua e sem fim.

Quantos de nós por negligência ou esquecimento, deixamos de concluir nossos projetos. Quantos de nós não vivemos uma esperança, esperando que esta concluísse nosso projeto. Quantos de nós não deixamos projetos de lindos planos sem realização, talvez, quem sabe, por mera vaidade do “fica pra depois”. Quantos de nós negligenciamos no tempo do ano que se finda e quantos de nós deixamos de ver ou sentir a verdade do amor, para a conclusão do projeto dos nossos sonhos.

Projeto é o sujeito que deriva do verbo projetar e projetar é lançar, esboçar, intentar, construir e edificar.

Então, com essa inovação vamos iniciar um novo ano com o forte propósito de concluirmos nossos projetos, de edificar nossos ideais mais íntimos com a ajuda do amor, com a ajuda dos nossos sonhos, sem esquecermos de agradecer a esperança, que nos avivou o firme e decidido propósito de concluir nosso projeto cheio de sonhos e ideais.

Aproveito a oportunidade para lhe desejar um feliz ano novo, com realizações plenas de projetos antigos ou recentes.

Então, feliz projeto, feliz ano novo com realizações e conclusões plenas.

Sempre em amor e com amor.

Publicado em Reflexão. Etiquetas: . Leave a Comment »

AS FORÇAS DO AMANHÃ

Ninguém vive só.

Nossa alma é sempre núcleo de influência para os demais.

Nossos atos possuem linguagem positiva.

Nossas palavras influenciam à distância.

Achamo-nos magneticamente associados uns aos outros.

Ações e reações caracterizam-nos a marcha.

Assim, é necessário saber que espécie de forças projetamos naqueles que nos cercam.

Nossa conduta é um livro aberto que denuncia nossa condição interior.

Muitos de nossos gestos insignificantes alcançam o próximo, gerando inesperadas resoluções.

Quantas frases, aparentemente inexpressivas, que saem da nossa boca e estabelecem grandes acontecimentos.

A cada dia emitimos sugestões para o bem ou para o mal.

Dirigentes arrastam dirigidos.

Administrados inspiram administradores.

Qual caminho nossa atitude está indicando?

Um pouco de fermento leveda toda a massa.

Não dispomos de recursos para analisar a extensão de nossa influência, mas podemos examinar-lhe a qualidade essencial. Cuidado, pois, com o alimento invisível que você fornece às vidas que o rodeiam.

Em momentos de indignação, uma palavra mal colocada pode ser o estopim para induzir o próximo ao cometimento de desatinos de conseqüências irreversíveis.

Um comentário maldoso talvez se multiplique ao infinito, causando na vida alheia dores e humilhações intensas.

O pai que não cumpre os compromissos assumidos com os filhos pode suscitar nestes a idéia de que não é importante manter a palavra dada.

Esse exemplo negativo pode multiplicar-se por gerações.

O chefe que não assume a responsabilidade pela orientação que dá aos subordinados instala a desconfiança em sua equipe.

Em momentos de crise, a ausência de coesão no ambiente de trabalho pode levar uma empresa à falência, em prejuízo de toda a coletividade.

Por outro lado, comentar as virtudes de alguém que cometeu um pequeno deslize talvez faça cessar a maledicência.

Em momentos de distúrbio, quem consegue manter o equilíbrio e a paz, exteriorizando isso mediante atos e palavras, faz murchar a insânia dos demais.

Não raro tal conduta provoca um generalizado constrangimento, pela imediata e coletiva percepção do equívoco em que se incidia.

Não há nada como a grandeza alheia para fazer o homem perceber sua própria pequenez.

Defender corajosamente os mais fracos quiçá tenha o condão de motivar outras pessoas a também protegerem os desvalidos.

Manter-se honesto e íntegro, mesmo em face das maiores tentações, talvez seduza outros para a causa do bem.

A visão da generosidade em franca atividade é um grande consolo, em um mundo onde o egoísmo grassa.

Por se afigurar admirável a prática de virtudes, há tendência de alguém genuinamente virtuoso ser admirado e imitado.

Nosso destino se desdobra em correntes de fluxo e refluxo.

As forças que exteriorizamos hoje, potencializadas pelos atos que inspiramos, voltarão a nossa vida amanhã.

Desse modo, nunca é demais prestar atenção no testemunho que damos.

Será nossa presença um fator de equilíbrio no mundo?

Por força da lei de causa e efeito, que opera no universo, recebemos o que damos.

Se desejamos paz, compreensão e conforto, devemos oferecê-los ao próximo, por meio de nossos sentimentos, atos e palavras.

Pensemos nisso

ANO NOVO CHEGANDO!

Ano Novo que vem chegando
Que novidades nos trazes?
Paz, Esperança, Amor,
Maravilhosas oportunidades,
Excelentes e muito capazes
De proporcionar a todos nós
Um montão de felicidades?…

Que energias permearão
Os teus dias, os teus meses,
Teus minutos, tuas horas?
Energias positivas,
De bom astral, luminosas?
Emanações condensadas
De relações amistosas?…

Que valores éticos, morais,
Nos teus trezentos e sessenta
E cinco dias, tu afirmarás?
A justiça, a liberdade,
O respeito, a fraternidade?
O dever, a responsabilidade,
A união, a solidariedade?…

Ano Novo que vem chegando
Nada te compete fazer!
Os homens e as mulheres,
No seu que-fazer diário,
É que devem construir, cada dia
Do teu novo calendário,
Um tempo melhor de viver!

Nada poderá melhor ser
Neste ano dois mil e dez,
Sem a firme vontade de todos
E, de cada um, em fazer
As mudanças em suas vidas
Que querem e desejam ver
No mundo acontecer…

Se tal não fizermos, então
Um Novo Ano teremos
Com a cara do Ano Velho,
E prá que reclamação?
A mudança comecemos!
Mude já! Mude primeiro
Que os outros te imitarão!

Publicado em Reflexão. Etiquetas: . Leave a Comment »