Não olhe os defeitos.

O ódio oprime-lhe o peito.

Você sabe que não deve agasalhar esse
sentimento nocivo, mas sente-se enfraquecido.

Reaja, porém.

As vibrações destruidoras do ódio prejudicam mais a você
do que aos outros porque nascem dentro de você.

Compreenda.

Aceite o fato de que os outros são
como você, com virtudes e defeitos.

Não olhe os defeitos.

Busque suas forças.

Rebater o ódio com firmeza é evitar um mal maior.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: