Julgar…

Não cometa o erro de julgar quem quer que seja.
Cada pessoa tem uma maneira de encarar a vida.
Se você já é capaz de se sustentar, de tomar decisões,
de fazer valer os seus direitos, parabéns!
Isso é digno de louvor, de reconhecimento.
Mas, isso não lhe dá o direito de julgar ninguém,
nem quando a sua intenção é a de ajudar…

Podemos ajudar mais com o nosso respeito,
oferecendo a nossa atenção,
mostrando que estamos por perto,
mas nunca tentando interferir diretamente,
porque achamos que sabemos o que é certo.
O nosso certo pode dar totalmente errado,
pode não funcionar em outras vidas e situações.

Então, mesmo que você não entenda,
que seja difícil aceitar uma situação,
a melhor atitude é usar da paciência,
é “saber esperar”.
Só podemos ajudar de fato quem nos pede ajuda,
não adianta forçar uma situação, impor decisões,
o amor é ainda, a maior arma de correção,
instrumento divino que transforma,
as vezes em companhia da dor,
por isso não se assuste.
As mudanças provocadas pelo amor,
tem uma grande vantagem:
são eternas.

Na dúvida, ame um pouco mais…

Eu acredito em você

* Paulo Roberto Gaefke *

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: